top of page

A base que dá show nas quadras

Por Bismarck Rodrigues


O Ginásio da Federação Paulista de Futsal na Penha recebeu um grande público para 4 finais do Campeonato Metropolitano de Futsal de base. O Timão mostrou sua força nas categorias de base e esteve presente nas quatro finais (sub 12, 14, 16 e 18). Os jogos contou com as presenças ilustres do jogador Deives da equipe profissional e do ex jogador Cristian, que viu seu filho na categoria sub 14.

A torcida do Corinthians que espera na base jogadores promissores pode ficar em paz, o sub 18, por exemplo, conta com os jogadores Caio e Koji na seleção brasileira da categoria que foi campeão dos jogos Sul-americanos nesse ano.


Confira como foram os jogos


Sub 18

A primeira das finais alvinegra foi contra a equipe da Liga Sancaetanense, o Timão dirigido pelo treinador Danielzinho era tido como favorito e como tal partiu para cima, com uma marcação alta e recuperando rápido a bola.

Apesar da superioridade em quadra, o alvinegro só conseguiu abrir o placar faltando 4 minutos para acabar a primeira, com o jovem Felipe Pavão. O gol deu moral aos comandados de Daniel, que seguiu pressionando e marcou o segundo um minuto depois, em belo chute de Caio Macedo, que vale uma menção, um legitimo camisa 10, driblador, fez uma grande partida na final.

A segunda etapa seguiu como terminou a primeira, com a diferença que o Timão conseguiu ampliar o marcador logo de cara, novamente com Pavão, artilheiro da tarde, jogador inteligente, com bom posicionamento e, claro, muito oportunista.

Com o 3 a 0 e o título praticamente definido, o ritmo do jogo caiu, o Corinthians já não pressionava tanto e acabou permitindo que o adversário descontasse faltando 7 minutos para acabar. Logo na sequencia Lucas Morales e Pedro Henrique marcaram os dois últimos gols da partida e do Campeonato, um título invicto na categoria.



Foto: Pedro Paulo Diaz/ TenClicks


Sub 16


Novamente o Timão entrou em quadra para fazer valer seu favoritismo, agora contra o Tabuca Juniors. Os comandados de Fernando Leite entraram no primeiro tempo com um ritmo forte, marcando forte sem dar espaço ao adversário. Tanto que aos 7 minutos de jogo o alvinegro já vencia por 2x0, gols de Davi Henrique e Felipe Gilio, em ordem.

A segunda etapa já foi mais morna, com o Corinthians controlando mais o jogo, impedindo as ações do adversário, mas sem tanta intensidade. O alvinegro passou a errar mais passes e não criou tantas oportunidades de gol. A exceção para o segundo gol de Davi, jogador driblador de muita qualidade e boa finalização, além de ter levado uma boa torcida particular ao ginásio Ciro II. Outro destaque da equipe foi o pivô João Pedro, muito forte, que segurar muito bem a bola no ataque.

O time de Fernando Leite foi campeão com apenas uma derrota e batendo no mata mata o Magnus, Santos e Tabuca Jrs. Uma campanha forte de dar inveja.



Foto: Pedro Paulo Diaz/ TenClicks



Sub 14


Corinthians x Palmeiras foi a final do Sub 14, o jogo mais esperado, a quadra já estava abarrotada, maioria absoluta da torcida corinthiana, o adversário ficou em um pequeno espaço reservado. No entanto, nesse jogo o Timão não era favorito, teve campanha pior que o rival, que jogava por um empate no tempo normal e na prorrogação.

Como esperado o jogo foi bem pegado, o Palmeiras marcando mais alto e o Timão usando muito as jogadas de um contra um e os passes longos para o pivô. Mas foi só na segunda etapa que os gols saíram, Leonardo Amista marcou duas vezes seguidas para o coringão e deixou o time na frente na disputa.

Ainda na segunda etapa, o Palmeiras conseguiu diminuir e colocar fogo no jogo, mas faltando 20 segundos, Kaue apareceu sozinho para colocar o Timão com vantagem de dois gols novamente.

Nessa categoria os jogos são disputados em 4 tempos de 7 minutos. E na terceira parte o Palmeiras se jogou para cima em busca ao menos do empate. E logo de cara conseguiu diminuir o marcador com um gol contra alvinegro. O gol não só colocou o rival na partida como abalou os corinthianos. E, faltando 4 minutos o Palmeiras alcançou o empate que lhe dava a vantagem.

No último período o Timão tentou a todo custo o gol do título, mas em um contra ataque já na reta final sofreu a virada no placar, o gol que deixou o Timão com o vice campeonato no Metropolitano com apenas 3 derrotas em todo campeonato.



Foto: Pedro Paulo Diaz/ TenClicks


Sub 12


O último jogo da tarde o Timão também não era favorito. Corinthians x Santos decidiram o sub 12, um jogo que prometia bastante, afinal as duas equipes estavam entre as melhores da competição, ambos invictos, além do pequeno Henrique, camisa 8 corinthiano, filho do lateral Fagner.

O time treinado por Leonardo Afonso começou surpreendendo os rivais com uma jogada ensaiada com goleiro que bateu bem no ângulo, mas defendido pelo goleiro. Minutos depois, o Timão abriu o placar com Guilherme Mateus. O Timão jogava com muita habilidade e velocidade e complicava bastante a vida da equipe da baixada.

Nessa categoria o jogo é dividido em 4 tempos de 6 minutos. E o Corinthians conseguiu travar o jogo adversário durante todos os 24 minutos, em que só conseguia chegar a meta corinthiana com chutes de longe. Já na terceira parte, o Corinthians ampliou o placar com Leonardo Saraiva e no último tempo matou o jogo com Leonardo Rodrigues.

O Corinthians se sagrou bicampeão da categoria, com campanha invicta, apenas 2 empates. Encerrando com chave de ouro uma tarde de grandes jogos e títulos para a base corinthiana.




Foto: Pedro Paulo Diaz/ TenClicks


Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page